Novidades

Entrevista – Jair Rodrigues (Zeca)

 

1) Quais foram as suas primeiras impressões quando o Rubens e a Rossana te convidaram para viver o personagem do Zeca em Super Nada?

O Rubens e a Rossana vieram aqui na minha casa para conversarmos sobre o personagem do Zeca. Eles deixaram o roteiro comigo, li e gostei. Na verdade, o Super Nada sou eu. Essa foi a terceira vez em que fui convidado para SN_Marcos_Camargo-5326fazer um filme. A primeira foi em 1969, em que fiz Jovens para frente. Acho que este foi o último filme em que o grande e inesquecível Oscarito participou. Mais tarde me convidaram para fazer parte de um filme que eu seria o pai do meu filho Jairzinho. E o terceiro foi oSuper Nada, em que o personagem parece ter sido feito para mim.

 

2) Em que medida a sua experiência dos palcos se aproxima com a que você viveu no set de filmagem?

Desde menino sempre gostei de frequentar as salas de cinema. Admirava os cantoresque se arriscavam a atuar, como o Frank Sinatra, bem como os diversos atores quecantavam nos filmes. Sempre fiquei encantado com aquilo, pois acho que o artista deve ser completo. Para mim, o set não foi diferente do palco. À medida em que fui me profissionalizando na música, fui me tornando um misto de ator com cantor.

 

3) Como foi a preparação para viver o Zeca ao lado de Cristiane Paoli- Quito?

A nossa aproximação foi uma relação de irmãos. Eu poderia até comparar o que foi a Quito na minha vida com a grande, inesquecível amiga Elis Regina. Nós conversávamos muito sobre o trabalho, quando eu dizia uma palavra, perguntava se minha inflexão estava boa, ela me dava uns toques, propondo novas maneira de fazer. Ela percebeu que eu queria chegar o mais próximo da perfeição.

 

4) Segundo os diretores a sua presença trouxe boas mudanças para o personagem do Zeca e consequentemente para o filme. O que há de Jair Rodrigues no seu papel?

Quando eu me deparei com o personagem tive a sessão que o Rubens e a Rossana já me conheciam há muito tempo. Eles me explicaram o projeto com tanto carinho, que eu não sabia se iria ter a mesma afeição pelo Zeca, mas ao ler o roteiro foi até mais emocionante. Cheguei a falar para eles que eu era um artista da música. Mas no palco nós temos que ser um artista de todas as áreas. Fiquei muito contente com a abertura e o diálogo que nós tínhamos desde o início. Poderia dizer que no personagem do Zeca há 80% de Jair Rodrigues.

 

5) Como foi contracenar com atores experientes como o Marat Descartes?

Quando vi que iria contracenar com o grande Marat Descartes tremi nas bases. A mesma coisa a acontece quando um cantor de início de carreira nos convida para participar de um show deles. Quando eles nos veem ficam travados. Eu só não travei, mas vi que estava no meio de feras. O Rubens me deu muita liberdade para que eu pudesse usar o meu próprio jeito de falar.

 

6) O que você achou da sua participação no filme?

Foi tão lindo participar do Super Nada. Esse filme foi uma reunião de bambas, não tinha banca, todo mundo se igualava, ninguém queria aparecer mais do que ninguém. Todo mundo estava muito disponível, repetíamos as cenas quantas vezes fosse necessário para que ela ficasse do jeitinho que os diretores tinham imaginado. Sempre que terminávamos de filmar uma cena todo mundo aplaudia, toda a equipe se abraçava, tinha um clima de comunhão no set.

 

7) Qual é a sua relação com o humor? Vocês gosta de arrancar risadas das pessoas?

Eu sempre penso muito no que vou dizer quando entro no palco para cantar. Eu gosto que as pessoas riam para mim e não riam de mim. Eu procuro agradar gregos etroianos, mas é difícil. Eu costumo dizer: Falem bem, mas falem de mim.

 

8) Quais são seus próximos projetos, vocês continua dando shows Brasil à fora?

Em breve eu estou indo para Las Vegas fazer shows e na volta vou me juntar ao meu filho Jairzinho para realizar um novo cd e dvd. Nós iremos gravar 30 músicas, algumas inéditas e outros clássicos que eu nunca gravei. Vocês poderão ver que o Jair eepode cantar qualquer tipo de música.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Tags HTML estão proibidas.