Críticas

Revista Cinética: “Não tá fácil pra ninguém”

Trecho da crítica da revista Cinética:

Ouvimos esta mesma frase inúmeras vezes em nosso cotidiano. Seja de forma cômica, seja de forma efetivamente séria, ela nos reporta a um beco sem saída que o filme de Rubens Rewald pretende atacar e problematizar frontalmente. “Não tá fácil pra ninguém” revela uma determinada sabedoria popular em se contar a verdade desmentindo, isto é, em se revelar a carapuça apontando a carapuça. A falta de perspectiva de Guto em meio ao cenário paulistano é amarga porque não oferece perspectivas para além do jogo esboçado… uma perspectiva que pode ter eco tão forte na realidade que podemos muito bem não conseguir ignorá-la.
(Thiago Brito)

Leia a crítica completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Tags HTML estão proibidas.